Da sala de aula às empresas: Sputnik atua na formação de times e líderes

4/6/20
|
Publicado por 
Redação Start

Startup conecta universo corporativo a temas do futuro por meio de cursos, palestras e experiências educacionais

Da sala de aula às empresas: Sputnik atua na formação de times e líderes
Da sala de aula às empresas: Sputnik atua na formação de times e líderes

É perceptível que os anos entre escola primária e universidade não preparam as pessoas para toda uma vida. Ao acreditar que aprender constantemente e buscar novos conhecimentos são os únicos caminhos para manter-se atualizado, Mariana Achutti e seus dois sócios, Jean Rosier e Felipe Anghinoni, criaram a Sputnik, uma das maiores escolas corporativas do Brasil. O objetivo do negócio é auxiliar as organizações a desenvolverem ainda mais seus colaboradores por meio de uma jornada de aprendizagem contínua.

Com a base de conhecimento da Perestroika - a maior escola de metodologias criativas da América Latina -, a startup desenvolveu um método de ensino híbrido, com uma estratégia de engajamento que combina flexibilidade, interatividade e colaboração, utilizando diversos métodos de ensinos como debates, jogos, podcasts, webséries e mentorias. Em outras palavras, a Sputnik compreende que toda experiência aprimora o conhecimento.

Por meio de seus cursos, palestras, experiências presenciais e online que carregam conceitos, ferramentas e reflexões alinhados a valores contemporâneos, a Sputnik faz uma curadoria e constrói, por meio de suas ferramentas metodológicas, as jornadas de aprendizagem dos clientes. O processo se dá em algumas etapas: diagnóstico da necessidade da empresa, planejamento e avaliação do produto, produção e gestão da jornada, e análise de KPI’s do processo educativo.

“A tecnologia entra nessa jogada para somar e transformar o processo de aprendizagem, mantendo a atenção do aluno no melhor lugar: onde há valor para ele. Sabemos que cada pessoa aprende de um jeito diferente e queremos levar a personalização como uma opção para os nossos clientes. Por isso, antes de aplicar qualquer conteúdo, entendemos qual a dor do cliente para ir de encontro a ela e desenvolver os skills desejados”, comenta Mariana Achutti, CEO da Sputnik.

Segundo a empreendedora, as companhias tomaram consciência de que há a necessidade de educar os funcionários para que eles tenham um bom desempenho. Com isso, estes colaboradores desenvolvem o trabalho de uma forma melhor, com maior alinhamento de propósito, com habilidades socioemocionais mais evoluídas e em uma constante evolução.

“Nós acreditamos no Lifelong Learning e queremos levar os temas do futuro para o presente das empresas e profissionais que buscam inspiração, disrupção e criatividade. E que saibam que um processo contínuo de aprendizagem é o caminho mais eficaz para isso”, explica Mariana.

A Sputnik já impactou mais de 350 empresas, entre eles estão Google, Facebook, Globo, Boticário e Ambev, e já ajudou a formar mais de 34 mil alunos, desde 2014. Também está está presente em toda América Latina, com expectativas de expandir para outros países até 2022.

Sobre a Sputnik

Fundada em 2014 e parte do Grupo Perestroika, a Sputnik é uma das maiores escolas corporativas do Brasil e leva às empresas conteúdos relevantes de maneira original e disruptiva. Seus serviços carregam conceitos, ferramentas e reflexões alinhados a valores contemporâneos, e podem ser explorados por meio de palestras, cursos, experiências presenciais e online. Atualmente, já formaram mais de 34 mil alunos e impactaram mais de 350 empresas, entre eles estão Google, Facebook, Globo, Boticário e Ambev.

Confira mais posts do Start